terça-feira, 3 de março de 2009

Longo e Tenebroso Inverno

Cada um tem seus invernos particulares....aqueles que surgem com nevascas grandiosas, avalanches homéricas, e quando você menos espera, já está ilhado, dentro de uma cabana com uma lareira, e pouco estoque de lenha.

A cena é típica, você começa a duvidar dos seus próprios sentidos, não vê saída, e o frio começa a aumentar.
Estar sozinho nesta cabana, faz você ser seu próprio locutor, o narrador de suas próprias idéias, em um tom artístico, você termina por narrar sozinho sua própria situação, que além de desesperadora, chega a ser cômica, irônica.
Estar preso dentro de algo que não pode sair, sem calor, com poucas provisões e ainda por cima, sozinho. SIM você tem que achar uma saída.
Essa saída depende da sua criatividade, força de vontade, superação de limites, vontade de viver.
Dizem que tudo é possível nesse mundo, e baseado nessa premissa, acreditar é fazer acontecer.
Sim foram 2 longos anos...mas estou de volta, diferente, mais forte por dentro e por fora. Melhor.
Passado, esse momento temporal que existe apenas nos nossos cérebros, não sendo palpável, não sendo visível, nem atingível, mas que está lá, guardado dentro, como aquele livro que você já leu, não lembra do número das páginas, mas pode dizer com exatidão a história.
Cessando com as figuras de linguagem, e direto ao ponto, muita coisa mudou em minha vida, pessoas passaram, pessoas ficaram, pessoas se foram, o que ficou foi sempre bom, e sempre me ajudou a melhorar, algumas coisas eu descartei no montinho de descartes, cartas que já não serviam mais, mas que quem sabe, podem ser levantadas sempre que aparecer um encaixe certo. Esqueci que ia parar com figuras de linguagem, mas o que importa é a imagem.

Como eu sai da cabaninha envolta em neve, cercada por ursos?
Nunca saí.....
Só aprendi a viver ali....me adaptei...e depois desse longo e tenebroso inverno....um raio solar entra pela janela.....e já posso ver o sol!

Muita coisa vai mudar novamente....





1 comentários:

camilla disse...

Me identifiquei muito com isso..adorei...ÓTIMO..bjoks